COMO PARAR DE FUMAR NA GRAVIDEZ EM 5 DIAS

Clique aqui e vá para a página oficial do vendedor para adquirir ou conhecer melhor esse produto!!!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

 

Causa diminuição da capacidade respiratória e problemas pulmonares para mãe e para o bebê; Uma das piores sequelas é que o bebê pode nascer com dependência química da nicotina; No entanto, com todos os males do cigarro, não é recomendável parar de fumar abruptamente durante a  gravidez

Ainda assim, nesse período muitas não abandonam o vício antes de engravidar.
Abortos espontâneos, nascimentos prematuros, complicações com a placenta e episódios de hemorragia (sangramento), bebês abaixo do peso, são os casos mais frequentes em mães fumantes.
Para começar, o tabagismo é um dos principais hábitos de vida que podem causar subfertilidade. Já está comprovado cientificamente que as mulheres fumantes, como também os homens, têm menor chance de conceber. O tabagismo pode reduzir inclusive a quantidade de óvulos nas mulheres (reserva ovariana) e de espermatozoides nos homens. Portanto, esse hábito nocivo já começa a prejudicar mesmo antes da gestação!!
Durante a gravidez, os problemas se devem, sobretudo, aos efeitos do monóxido de carbono e da nicotina absolvidos pelo organismo materno e passados para o feto. Em poucos minutos os batimentos cardíacos do feto aceleram, devido ao efeito da nicotina sobre o seu aparelho cardiovascular. Pesquisas recentes provam que o fumo também pode danificar os vasos sanguíneos do bebê. O cigarro também deve ser evitado no período de amamentação, pois a nicotina passa pelo leite e é absorvida pela criança.

Clique aqui e vá para a página oficial do vendedor para adquirir ou conhecer melhor esse produto!!!